Sunday, September 4, 2011



Ela: Não percebo... Eu não tenho nada para te oferecer. Não sou uma beldade, nem extraordinariamente inteligente. Não sou refinada, nem sei falar com estranhos. Muitas vezes tropeço e digo disparates. Não acredito que te possa acrescentar nada. Porque precisarias de mim?

Ele: A questão é que eu não preciso de ti. Eu quero-te.

4 comments:

  1. Ohhh, tão cutchi-cutchi.
    E no fim veio a descobrir-se que era o lobo mau.
    Eu quero-te comer. ;P

    ReplyDelete